sexta-feira, 29 de abril de 2016

VAMOS BRINCAR?!




Usando uns antigos mostruários de papeis de parede que ganhei de minhas amigas Carmen Dora e Yara, da Caia Tecidos, eu resolvi fazer uma brincadeira: usei os papéis como base de composições de mesas postas e como fundo de algumas vinhetas, com objetos que eu gosto de minha casa. Brinquei também com a luz e com as lentes de minha câmera e tirei fotos, também, com o celular! Vejam o resultado!

Papel com grandes listras azuis e a louça Willow. Adorei!
Aqui o vermelho quebrou o esquema de cores.
Libélula no papel! Libélula no porta guardanapo!

Aqui as listras amarelas.

A delicadeza do papel ficou perfeito com esta louça e este guardanapo que ganhei da Alicia Wenzel  da Casa Enfeitada.

Passarinho que era de minha mãe.
Este papel é um charme e ficou perfeito para esta composição.

Quadrados dourados como fundo desta vinheta. Quadro de flores prensadas feito por minha irmã Vera.

Antiga pintura sobre seda, guirlanda feita pela Vera e porta vela que ganhei da Iêda, minha prima.



Laca e Céladon.
Com outra luz!
Objetos de paixão!



Adoro caixas! Adoro dominós! Aqui o papel com listras brancas e pretas.


E... também adoro libélulas!

Caixa de laca e prato Imari sobre papel xadrez!

Este papel é inspirador e lindo!




Fotos: minhas

quinta-feira, 28 de abril de 2016

QUINTA DE POESIA





Soneto XVIII


Se te comparo a um dia de verão
És por certo mais belo e mais ameno
O vento espalha as folhas pelo chão
E o tempo do verão é bem pequeno.

Às vezes brilha o sol em demasia
Outras vezes desmaia com frieza;
O que é belo declina num só dia,
Na terna mutação da natureza.

Mas em ti o verão será eterno,
E a beleza que tens não perderás;
Nem chegarás da morte ao triste inverno:

Nestas linhas com o tempo crescerás.
E enquanto nesta terra houver um ser,
Meus versos vivos te farão viver.


William Shakespeare

quarta-feira, 27 de abril de 2016

MESA POSTA



Hoje posto aqui algumas "mesas show"! Elas faziam parte do jantar de gala, beneficente, da Lenox Hill Neighborhood House, associação que atende pessoas carentes em New York:

"Our Programs Improve the Lives of Thousands of New Yorkers in Need"

 São mesas com muitos detalhes, muitas flores, tudo feito de uma maneira exagerada pois o intuito é, realmente, chamar a atenção para os produtos e o trabalho dos designers que as projetaram. Mas... pode-se tirar muitas ideias para mesas mais normais!!!

Uma mesa com lindos objetos de Kapito Muller.
Mesa de Alex Papachristidis e David Monn.
Toalha pintada à mão e flores de porcelana de Vladimir Collection.
Mesa de John Rosselli
Mesa de Ashley Whittaker
Mesa de Christopher Maya

Mesa de Hunt Slonen , olhando já para o ano 2023 que será o Ano do Coelho.
Tecido com os famosos coelhos de Hunt Slonem.
Mesa de CeCe Barfield
Homenagem a Paris por Juan Montoya.

Mesa de Sam Allen.
Aman & Meeks lembrou Alexander Calder.
Toalha bordada lembrando a energia e o espirito criativo do artista
Mesa de Tamara Stephenson e Susan Young.
Mesa de Marco Scarani
Mesa de Christopher Spitzmiller.
Porcelanas pintadas à mão.

Mesa de Scott Snyder
Adorei as tulipas e as frutas!
Mesa linda de Alessandra Branca! Uma mesa viável para ser feita em um jantar em casa!
Mesa de Harry Heissmann e Emily Evans Eerdmans
Mesa interessante de McMillen com referências dos anos 60.
Uma mesa de breakfast de Ashley Whittaker.
Homenagem a Andy Warhhol por Andrea Stark e Robert J. Peczka Jr.


Fotos: Quintessence, New York Social Diary, Instagram.