sexta-feira, 28 de agosto de 2015

SEXTA-FEIRA DIFERENTE! HOJE É VERDE!




A designer americana Carolyne Roehm, de quem sou fã, é famosa por sua coleção de porcelanas azul e branco e pelos ambientes que cria nestas cores. Mas, motivada por flores exóticas que viu no mercado e que eram verdes, ela partiu para decorar mesas postas nesta cor, desde a decoração floral, passando por acessórios e até pela comida! E, mesmo quando não contava com flores, as frutas verdes e as verduras foram a inspiração para arranjos de mesa lindos!




Fotos: Carolyne Roehm

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

QUINTA DE POESIA






POESIA NOVA

Os versos se seguem
Assim cadenciados
Outros quebrados
Métrica esquecida
Batida metáfora
Inspirado instante
Sequência olvidável
Ladainha aberta
Gritos de amém
Das Filhas-de-Maria
Aborrecimento agudo
Aos desatentos
Ferimento fundo
À maioria dos poetas
Máquina infernal
A produzir ruídos
Desligar da chave
Escuridão interna
Diálogos históricos
Ou invenções poéticas
Mas, afinal, quê mais?
"Se dizeis isto
Pela que m'a destes
Tirai-ma que
Não vô-la pedi
Eu". 


Paulo Corrêa Meyer
Wayne, 21/8/2015.


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

QUARTA FEIRA SEM LEI



O vermelho foi a cor da última quarta-feira sem lei!!!


Estes vasos são os personagens principais! Lindos!
O lugar número 5!!!


Pratinhos de pão com "animal print"
Figos de mármore!







Fotos: minhas

terça-feira, 25 de agosto de 2015

OS JARDINS DE FRIDA KAHLO

Quem estiver de viagem marcada para New York ou quem já estiver por lá, não pode perder esta mostra no Jardim Botânico: "Frida Kahlo Art Garden Life". É a primeira vez que o entusiamo e o conhecimento de botânica, desta artista impar, é mostrado numa exposição. Seus famosos jardins da sua também famosa Casa Azul foram recriados com todos os detalhes possíveis, assim como seu estúdio nesta mesma casa onde ela nasceu em 1907 e viveu por anos com Diego Rivera e onde, em 1954 veio a falecer. Há canteiros com girassóis, margaridas, palmeiras, espirradeiras, jacarandás e numerosas suculentas e cactus, muitos dos quais ainda crescem na Casa Azul original, no México, onde agora é um museu. Além das plantas e do jardim esta exposição trás  pinturas e trabalhos em papel da artista e muitas fotografias.

Auto retrato com colar de espinhos,1940.


A estufa do Jardim Botânico onde está a exposição.
O azul índigo da Casa Azul.
Casa de Frida e Diego. 


Plantas mexicanas.


Réplica da pirâmide asteca criada por Diego Rivera para os jardins da Casa Azul
Uma mini Frida!


A mesa de trabalho da pintora.




Cactus

Os girassóis.



Trabalhos em papel.



Frida com figurinha Olmeca, 1939.




As duas Fridas: Humberto Spindola.
Auto retrato com meus papagaios, 1941.
Auto retrato dedicado ao Dr. Eloesser e filhas, 1940.

Frida  em frente de muro de cactus, 1938.
Dois nus na floresta, 1939.
Flor da vida, 1944.
Natureza morta com papagaio e frutas, 1951.



VIDEO






Fotos: NYbg, Gothanist, Visionaire.